SOBRE O HBCS HOSPITAL BENEFICENTE
DR. CESAR SANTOS

Projeto de futuras instalações

Estrutura

O Hospital Beneficente Dr. César Santos está situado na Rua Alcides Moura, nº 100, no Bairro Popular em Passo Fundo, e atende diariamente a população da cidade e região, primando sempre pelo melhor atendimento. Está instalado em um prédio de dois andares, sendo que a área total do terreno é de 6.000m² e a área total construída é de 4.927m², com estacionamento e acesso para ambulâncias.

Conta atualmente com trinta e cinco leitos e um posto de enfermagem, destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde. Além disto, o Hospital realiza atendimento pediátrico e adulto 24 horas no Pronto Socorro, possuindo também serviços de psiquiatria, odontologia e cirurgia ambulatorial.

O Serviço de Desintoxicação Química atende adolescentes de 12 a 17 anos para desintoxicação do uso de álcool, crack e outras drogas. O serviço de desintoxicação química possui 6 leitos e os pacientes são encaminhados pelos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) e Passo Fundo e região.

O Hospital conta com Agência Transfusional com convênio com o Hemopasso que garante o fornecimento de sangue e hemocomponentes conforme a necessidade dos pacientes.

No Centro de Diagnósticos são realizados exames de Endoscopia, Ultrassonografia, Eletroencefalograma, Eletrocardiograma, Radiologia, Mamografia e exames de análises clínicas.

Possui convênios com a Funasa – Fundo Nacional de Saúde – para atendimento especializado aos povos indígenas; Secretaria Municipal de Saúde para a realização de exames no Centro de Diagnóstico e realização de serviços que compõem a atenção básica, como administração de medicamentos, verificação de pressão arterial, curativos, inalação e nebulização, retirada de pontos de cirurgias básicas, drenagem de abscessos, excisão e sutura simples e retirada de corpos estranhos de cavidade auditiva e nasal.

Administração

O Órgão Gestor do Hospital Beneficente Dr. César Santos, com atribuições de administração, é formado por um diretor-geral, um diretor administrativo e um diretor técnico.

Diretoria

Diretor Geral: Roger Teixeira Borges .

Diretor Administrativo: Diego José Radaelli. Natural de Passo Fundo/RS, bacharel em Administração de Empresas, é Pós Graduado em Gestão Empresarial, também atuou como Coordenador Operacional e Atendimento na Unimed Planalto Médio e Chefia de Contas Hospitalares no Hospital da Cidade de Passo Fundo.

Diretor Técnico: Ernani Laimer. 

Histórico

Na década de 50, Passo Fundo tinha um atendimento razoável no que diz respeito à saúde pública. Os hospitais existentes na época – Hospital da Cidade e São Vicente de Paulo - , os quais hoje são referencia na região, tinham uma atuação continua, porém de maneira muitas vezes precária, visto que o avanço da medicina ainda não era uma realidade para a região do planalto médio, o que se refletia sobre toda a população, mas principalmente sobre os cidadãos mais humildes que tanto necessitavam de uma melhor assistência.

No governo do então prefeito Daniel Dipp, o município recebeu como doação do casal Marieta Pretto Formigheri e Ernesto Formigheri, um terreno no bairro popular para a construção de um novo hospital, dando inicio às obras no dia 10 de setembro de 1952. O artigo nº 53 da Lei Orgânica do Município determinou crédito especial para a construção, concluída em 1959, na administração do prefeito Wolmar Salton, que convidou um grupo de irmãs Salvatorianas para assumirem a direção da nova instituição de saúde. A inauguração aconteceu no dia 30 de dezembro de 1959, com a presença de autoridades civis, militares e eclesiásticas.

O atendimento à população iniciou no dia 02 de maio de 1960, quando era prefeito o Sr. Benoni Rosado. O médico Alberto Lago foi o primeiro diretor clinico da instituição, e no dia 03 de maio daquele ano realizou a primeira cirurgia de vesícula, tendo como auxiliares os enfermeiros Carolino Moreira Bilhar e Silvino Rampanelli, o qual foi o primeiro enfermeiro do hospital.

No dia 13 de julho de 1961, por meio da Lei Nº 942, o município fez a doação do hospital em regime de comodato à Sociedade Pró-Universidade de Passo Fundo, a qual pôs-se de acordo consigo própria auxiliando no reconhecimento de sua Faculdade de Medicina. A instituição ganha a denominação de Hospital de Caridade. Quase três anos depois, (24 de abril de 1964), o então prefeito Mario Menegás reverteu a instituição ao patrimônio do município pela Lei 1.070. Outra alteração foi feita na denominação, vindo a chamar-se Hospital Municipal de Caridade de Passo Fundo em 1968.

Em 1970, mais precisamente no dia 5 de maio, morre o médico, cientista, ex-deputado estadual e federal e, na época, prefeito municipal na gestão 1969/1973, sendo postumamente alcunhado patrono do hospital que passa a denominar-se Hospital Municipal de Caridade Dr. César Santos. Em 04 de agosto de 1971, pela lei Nº 1.418, a instituição torna-se uma autarquia, ficando vinculada ao executivo municipal, com autonomia administrativa e financeira, sob fiscalização do poder legislativo.

Em sua origem, o Hospital Beneficente Dr. César Santos espelha o comprometimento com a função social de atender a população carente de Passo Fundo e região. Ao longo dos anos, com todas as dificuldades enfrentadas, a instituição segue em constante superação e modernização.

Copyright © Hospital Beneficente Dr. César Santos - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.